Cultura

Morre Andy Fletcher, da banda britânica Depeche Mode, aos 60 anos

Nascido em 9 de julho de 1960 em Nottingham, Fletcher, apelidado de ‘Fletch’, era um dos tecladistas da banda, conhecida por sucessos como ‘Just Can’t Get Enough’

Créditos: JASON MERRITT / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Créditos: JASON MERRITT / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Apoie Siga-nos no

Andy Fletcher, membro fundador da banda britânica de rock alternativo Depeche Mode, morreu aos 60 anos, anunciou nesta quinta-feira 26 o grupo.

“Estamos chocados e tomados por uma imensa tristeza com a morte prematura de nosso querido amigo, familiar e colega de banda”, disse o grupo formado em 1980 em Basildon, a cerca de 40 km de Londres.

Nascido em 9 de julho de 1960 em Nottingham, Fletcher, apelidado de “Fletch”, era um dos tecladistas da banda, conhecida por sucessos como “Just Can’t Get Enough”.

“Fletch tinha um verdadeiro coração de ouro e estava sempre lá quando alguém precisava de apoio, uma conversa animada, uma boa risada ou uma cerveja gelada”, afirmaram.

O Depeche Mode vendeu mais de 100 milhões de discos no mundo todo.

Inicialmente, o grupo era formado pelo tecladista e compositor Vince Clarke, o tecladista, cantor e compositor Martin Gore, o tecladista Andy Fletcher e o cantor e compositor Dave Gahan.

Clarke saiu da banda no final de 1981 e foi substituído dois anos depois por Alan Wilder.

AFP

AFP
Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.