Mundo

Malta legaliza cultivo e consumo de cannabis recreativa, medida inédita na UE

Fica proibido o consumo em público, uma infração que pode acarretar o pagamento de uma multa de 235 euros

CRÉDITO: GUILLEM SARTORIO / AFP CRÉDITO: GUILLEM SARTORIO / AFP
CRÉDITO: GUILLEM SARTORIO / AFP CRÉDITO: GUILLEM SARTORIO / AFP
Apoie Siga-nos no

Vários países da UE já descriminalizaram o uso e a posse de cannabis para uso privado nos últimos 20 anos, mas as leis são, às vezes, confusas e, na prática, isso é apenas tolerado.

Em Malta, a reforma, que vai ser votada hoje à tarde pelo Parlamento desta pequena ilha mediterrânea, autoriza a posse de, no máximo, sete gramas de cannabis e o cultivo de quatro plantas por pessoa com mais de 18 anos.

A implementação e o cumprimento desta norma serão supervisionados por um novo órgão oficial: a Autoridade para o Uso Responsável de Cannabis.

País tradicionalmente conservador em questões sociais, Malta já havia descriminalizado a posse de pequenas quantidades de cannabis em 2015 e, três anos depois, adotou um marco legal, cujo objetivo é se tornar um centro de produção de cannabis para fins terapêuticos.

AFP

AFP Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.