Mundo

Justiça dos EUA condena militante de extrema-direita a sete anos de prisão pela invasão ao Capitólio

‘Não entrei, mas ajudei a acender a fogueira’, gabou-se em um vídeo Guy Reffitt

Foto: Department of Justice
Foto: Department of Justice
Apoie Siga-nos no

Um ativista de extrema-direita foi condenado nesta segunda-feira 1º em Washington a mais de sete anos de prisão por participação na invasão ao Capitólio, em 6 de janeiro de 2021. Trata-se da pena mais alta até o momento.

Guy Reffitt, 49, membro do grupo “Three Percenters”, foi considerado culpado em março, principalmente por obstrução do trabalho do Congresso e da polícia, no primeiro julgamento sobre a invasão. Ele liderava o primeiro grupo a atacar a sede do Congresso e ajudou a forçar o cordão policial.

Segundo os promotores, Refitt portava uma arma, colete à prova de balas, capacete e algemas de plástico. Após ser atingido por gás lacrimogêneo, ele recuou quando centenas de apoiadores de Donald Trump espalharam o caos no Capitólio, o que atrasou a certificação da vitória eleitoral de Joe Biden.

“Não entrei, mas ajudei a acender a fogueira”, gabou-se em um vídeo o funcionário da indústria petroleira, nascido no Texas. Ao retornar a Wylie, perto de Dallas, ele ameaçou os dois filhos, para que não o denunciassem à polícia.

“Os traidores nós matamos”, diz Refitt em conversa gravada enviada ao FBI por seu filho de 19 anos. No julgamento, a acusação se baseou em vídeos nos quais ele aparecia falando para a multidão, que o chamava de líder.

Desde o ataque, mais de 850 pessoas foram presas, das quais 330 se declararam culpadas e cerca de 10 foram julgadas em tribunais. Até o momento, foram ditadas cerca de 100 penas de prisão.

AFP

AFP
Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.