Mundo

Grupo Estado Islâmico reivindica atentado perto do aeroporto de Cabul

O comunicado só mencionou um atacante suicida e uma explosão. O Pentágono, no entanto, informou sobre dois atentados suicidas

Cabul, capital do Afeganistão. Foto: Wakil Kohsar/AFP
Cabul, capital do Afeganistão. Foto: Wakil Kohsar/AFP
Apoie Siga-nos no

O grupo extremista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria de um atentado mortal nesta quinta-feira 26 perto do aeroporto de Cabul, durante a operação liderada pelos Estados Unidos para retirar civis do Afeganistão, após a tomada do poder pelos talibãs.

O EI informou que um dos seus combatentes cruzou “todas as fortificações de segurança” e se aproximou a “cinco metros” das forças americanas antes de detonar seu cinto de explosivos, reportou a agência de propaganda do grupo jihadista Amaq, segundo uma tradução do SITE Intelligence Group, que monitora as comunicações de grupos extremistas islâmicos.

O comunicado só mencionou um atacante suicida e uma explosão. O Pentágono, no entanto, informou sobre dois atentados suicidas seguidos de disparos em Cabul. Os Estados Unidos ameaçaram o EI de represálias.

Os ataques deixaram pelo menos de 13 a 20 mortos e 52 feridos, disse à AFP o principal porta-voz dos talibãs, Zabihullah Mujahid. Um funcionário do antigo governo afegão disse que o número de mortos poderia chegar a 60.

O braço afegão do EI, conhecido como Estado Islâmico na província de Khorasan (EI-K), se consolidou em 2015 na província de Nangarjar, no leste do Afeganistão, mas tem estado sob pressão nos últimos anos pela coalizão liderada pelos Estados Unidos, o exército afegão e os próprios talibãs.

AFP

AFP Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.