“Foram me buscar no fim do mundo”

Mundo

“Parece que os cardeais foram me buscar no fim do mundo”, declarou o Papa Francisco, o argentino Jorge Mario Bergoglio, em suas primeiras palavras do balcão da Basílica de São Pedro, nesta quarta-feira 13.

O primeiro latino-americano, primeiro jesuíta e primeiro Francisco a se tornar papa convocou as pessoas a rezarem por seu antecessor Bento XVI.

Ele pediu que os fiéis “sigam um caminho de fraternidade, de amor” e de “evangelização” e pediu à multidão um minuto de silêncio: “Rezem por mim e deem-me a vossa bênção”.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem