Mundo

assine e leia

Conservadores ameaçam o projeto da jovem premiê Sanna Marin na Finlândia

Sanna Marin afirma que o país está comprometido com preservar seu generoso Estado do Bem-Estar de ‘maneira ambientalmente sustentável’

Legado. Para Marin, os finlandeses não podem abandonar o Estado de Bem-Estar Social erguido pelas gerações passadas. Fotos: ISTOCKPHOTO E LAURA KOTILA/FINNISH GOVERNMENT
Legado. Para Marin, os finlandeses não podem abandonar o Estado de Bem-Estar Social erguido pelas gerações passadas. Fotos: ISTOCKPHOTO E LAURA KOTILA/FINNISH GOVERNMENT
Apoie Siga-nos no

Igualdade, um sistema educacional bem provido e um forte Estado do Bem-Estar Social são o segredo do sucesso do país mais feliz do mundo, segundo a primeira-ministra da Finlândia. Em uma rara entrevista à mídia estrangeira, Sanna Marin, que por um breve período foi a líder mundial mais jovem, quando se tornou a primeira-ministra do país nórdico, em 2019, aos 34 anos, disse que a Finlândia está comprometida com preservar seu generoso Estado do Bem-Estar de “maneira ambientalmente sustentável”, e vê o desenvolvimento e a exportação de tecnologia verde como a chave para sua futura prosperidade.

Marin disse que o país “queria se sair melhor no que se trata de igualdade”, depois de ser chamado de o país mais feliz do mundo em abril pela Rede de Soluções de Desenvolvimento Sustentável da ONU, que pede aos indivíduos para darem nota à sua satisfação em uma ­escala de 10 pontos.

Alexandra Topping

Alexandra Topping

The Observer

The Observer Fundado em 1791, é um semanário publicado sempre aos domingos no Reino Unido. Pertence ao mesmo grupo de mídia do reconhecido The Guardian.

Tags: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.