Mundo

Em telefonema com Lula, Putin defende ‘acesso irrestrito’ de ajuda humanitária a Gaza

O presidente russo conversou sobre o conflito com o petista nesta segunda-feira 23

Fotos: Mikhail Klimentyev/Sputnik/AFP e Ricardo Stuckert
Apoie Siga-nos no

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, defendeu nesta segunda-feira 23 um “acesso irrestrito” de ajuda humanitária a Gaza. 

A declaração foi concedida durante uma conversa por telefone com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). 

Segundo o Kremlin, os líderes “expressaram séria preocupação com o número crescente de vítimas civis e sublinharam a importância fundamental de um cessar-fogo rápido, da evacuação de cidadãos estrangeiros da Faixa de Gaza e de garantir o acesso sem entraves de ajuda humanitária ao enclave”.

Putin e Lula também discutiram medidas “urgentes e eficazes” que poderiam ser levadas à ONU – o Brasil ocupa a presidência rotativa do Conselho de Segurança.

As Nações Unidas afirmam que a região precisa de cerca de 100 caminhões de ajuda por dia para suprir as necessidades dos 2,4 milhões de habitantes de Gaza. Pelo menos metade dos palestinos foi deslocada para regiões ao sul por causa dos bombardeios israelenses em resposta ao ataque do Hamas, em 7 de outubro. 

Até agora, somente três comboios de caminhões tiveram autorização para atravessar a fronteira de Gaza através da passagem de Rafah com o Egito.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo