Mundo

‘É bom que não vá’: Biden celebra ausência de Trump em sua posse

Presidente eleito se referiu ao republicano como ‘um embaraço para o país’ e um dos presidentes mais incompetentes da história’

O democrata Joe Biden e o republicano Donald Trump. Fotos: Angela Weiss/Saul Loeb/AFP
O democrata Joe Biden e o republicano Donald Trump. Fotos: Angela Weiss/Saul Loeb/AFP
Apoie Siga-nos no

O presidente eleito dos EUA, Joe Biden, recebeu bem nesta sexta-feira 8 a notícia de que o presidente Donald Trump não pretende comparecer à sua posse, em 20 de janeiro. O democrata considerou o comunicado de Trump uma “coisa boa”.

“Me disseram no caminho para cá que ele indicou que não compareceria à cerimônia de posse”, declarou Biden em entrevista coletiva em seu reduto de Wilmington, em Delaware.

“Uma das poucas coisas em que ambos concordamos. É bom que não vá”, disse o democrata aos jornalistas, chamando Trump de “um embaraço para o país”.

“Ele não está em posição de exercer o cargo”, acrescentou o presidente eleito sobre Trump, que enfrenta a possibilidade de ser submetido a um segundo processo de impeachment na próxima semana por incitar seus partidários a invadir o Capitólio.

“Ele superou até mesmo minhas piores opiniões sobre ele”, disse Biden. “É um dos presidentes mais incompetentes da história dos Estados Unidos da América”.

Por outro lado, Biden disse que o vice-presidente Mike Pence seria bem-vindo.

Trump anunciou na sexta-feira que não comparecerá à transição. “Para todos que me perguntaram, não comparecerei à cerimônia de posse em 20 de janeiro”, escreveu o republicano no Twitter.

AFP

AFP Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.