Mundo

assine e leia

Draghi + Mattarella

A reeleição do chefe do Estado, a inovar as tradições do parlamentarismo, fortalece o governo de Super Mario

O Parlamento italiano curva-se à popularidade do presidente da República – Imagem: Gregorio Borgia/Pool/AFP
O Parlamento italiano curva-se à popularidade do presidente da República – Imagem: Gregorio Borgia/Pool/AFP
Apoie Siga-nos no

O primeiro artigo da Constituição italiana, promulgada em abril de 1948 ao cabo de um trabalho de cerca de dois anos de uma Constituinte exclusiva, soletra: “A Itália é uma república baseada no trabalho”. República parlamentarista, ao contrário do Brasil, cujo sistema de governo é o presidencialista. No presidencialismo, o presidente da República é o indiscutível dono da bola, eleito diretamente pelo povo para chefiar o governo.

No regime parlamentarista italiano, o presidente da República representa o Estado e é eleito pelo Parlamento, reunido em sessão plenária, com mandato de sete anos. Nada diz que o presidente não pode ser reeleito, mas é tradição, desde a primeira eleição presidencial, que o chefe do Estado fique no cargo somente uma vez. Este hábito foi quebrado por Giorgio Napolitano em 2013, em razão de uma manobra contra Silvio Berlusconi, urdida para coibir os seus sonhos presidenciais e abrir caminho para a sua condenação por prevaricação.

Mino Carta

Mino Carta
Diretor de Redação de CartaCapital

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.