Mundo

Cinco membros da ONU são sequestrados no Iêmen

Não está claro quem são os autores do sequestro

(Foto: Organização das Nações Unidas)
(Foto: Organização das Nações Unidas)
Apoie Siga-nos no

Cinco membros do pessoal da ONU foram sequestrados no sul do Iêmen, país que sofre com uma guerra civil há mais de sete anos, informou a organização neste domingo (13).

O sequestro ocorreu na sexta-feira em Abyan, sul do país, quando o grupo voltava para a cidade portuária de Áden “após ter concluído uma missão no terreno”, declarou à AFP Eri Kaneko, porta-voz da ONU.

“As Nações Unidas estão em contato estreito com as autoridades para assegurar sua libertação”, acrescentou Kaneko.

Não está claro quem são os autores do sequestro.

Áden se tornou a sede do governo iemenita reconhecido internacionalmente depois que os rebeldes huthis tomaram a capital, Saná, em 2014.

Uma coalizão liderada pela Arábia Saudita tem apoiado o governo na luta contra os huthis, alinhados ao Irã, desde 2015, um conflito que deixou centenas de milhares de mortos e milhões de deslocados, na que é considerada a maior crise humanitária do mundo pela ONU.

AFP

AFP
Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.