Mundo

assine e leia

Bola fora

Os adversários de Djokovic foram elegantes e generosos, mas não condescendentes com o tenista antivacina

Djokovic arca com as consequências – Imagem: Clive Brunskill/Getty Images/AFP
Djokovic arca com as consequências – Imagem: Clive Brunskill/Getty Images/AFP
Apoie Siga-nos no

Stefanos Tsitsipas aprendeu a escutar a ciência sobre a Covid-19 da maneira difícil. Não a mais difícil, é claro. Nem da maneira difícil que os “antivacina” mais infelizes experimentaram, depois de ingerirem teorias da conspiração sobre efeitos colaterais e regurgitarem promessas das redes sociais de que não havia risco para os jovens e saudáveis. O tenista em 4º lugar no ranking mundial, felizmente, não se viu derrubado pelo vírus ou num ventilador mecânico em um hospital. Ele simplesmente se viu publicamente repreendido por seu próprio governo.

Enquanto o pai e treinador de ­Tsitsipas, Apostolos, dava entrevistas nas quais afirmava que “os atletas têm um sistema imune forte o suficiente para encarar qualquer desafio”, o porta-voz do governo grego indicava que um tenista de 23 anos, por mais bem-sucedido, não tem “o conhecimento, nem os estudos, nem o trabalho de pesquisa” para dar opiniões válidas sobre vacinação. Mas a história teve um final feliz: Tsitsipas parou de proclamar conjecturas mal informadas e tomou a vacina.

Emma John

The Observer

The Observer
Fundado em 1791, é um semanário publicado sempre aos domingos no Reino Unido. Pertence ao mesmo grupo de mídia do reconhecido The Guardian.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.