Internacional

Eleições nos EUA

Bolsonaro, Jean Wyllys, Requião: a repercussão da vitória de Trump

por Redação — publicado 09/11/2016 11h57, última modificação 09/11/2016 12h01
Políticos brasileiros se manifestam nas redes sociais sobre a eleição de Donald Trump para a presidência americana
Saul Loeb/AFP
Trump

Contrariando as previsões, o empresário venceu a eleição americana

Após a vitória de Donald Trump nas eleições americanas deste ano, políticos brasileiros publicaram nas suas redes sociais opiniões sobre o significado da vitória do republicano e os possíveis impactos para o Brasil e o mundo.

Jair Bolsonaro e o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA) comemoram, enquanto outros políticos apontam os perigos do discurso de ódio propagado por Trump e o "triunfo da não política", uma vez que o 45º presidente dos Estados Unidos da América será o primeiro a não ter uma carreira política anterior.

Confira as principais manifestações nas redes sociais: 

Vitória de Trump é o triunfo da mediocridade. Hipernacionalismo, xenofobia, homofobia, racismo, a cara mais escancarada do que é a direita

— Ivan Valente (@IvanValente) 9 de novembro de 2016

 

Mergulhamos na nova idade media (leia-se como pronunciam os americanos). Donald Trump presidente dos EUA é uma catástrofe.

— Jean Wyllys (@jeanwyllys_real) 9 de novembro de 2016

O mundo acordou assutado com a vitória do preconceito, da misoginia e da xenofobia nas eleições americanas

— Vanessa Senadora (@vanessasenadora) 9 de novembro de 2016

Trump é um empresário que derrotou máquina política envelhecida e apoiada pela mídia. Não vejo motivo para americanos terem medo ou vergonha

— José Carlos Aleluia (@aleluiacosta) 9 de novembro de 2016

Eis que surge o imponderável! Trump e, contra todas as previsões, ganha. Melhor nossos prescindenciáveis trabalharem o presente.

— Janaina Paschoal (@JanainaDoBrasil) 9 de novembro de 2016

Vitória de Trump derrota o politicamente correto e afronta o sistema tradicional de poder. Ou seja, é conservadora e ousada ao mesmo tempo.

— Xico Graziano (@xicograziano) 9 de novembro de 2016

A mídia fundamentalista que eliminou Bernie Sanders deu a vitoria a Trump. Fará o mesmo apoiando a estupidez da PEC 241/55 no Brasil.

— Roberto Requião (@requiaopmdb) 9 de novembro de 2016

Nacional-populismo é xenófobo e protecionista. Não se enganem, só não é ruim pra a especulação financeira dos "mercados". 0 resto se ferra.

— Tarso Genro (@tarsogenro) 9 de novembro de 2016

Trump venceu: Pesquisas, imprensa e analistas, erraram. Republicanos ganharam a Câmara e o Senado. Barba, cabelo e Bigode.

— Cesar Maia (@cesarmaia) 9 de novembro de 2016

Trump, suposto "outsider", é o triunfo da "não política" altamente política, reacionária.

— Chico Alencar (@depChicoAlencar) 9 de novembro de 2016

A eleição nos Estados Unidos gera uma série de expectativas negativas mas nós esperando que a retórica da campanha fique para trás.

— Romero Jucá (@romerojuca) 9 de novembro de 2016

registrado em: Donald Trump, Eleições EUA