CartaExpressa

Defesa de Robinho apresenta novo recurso ao STF contra prisão do ex-jogador

Nesta semana, Justiça brasileira homologou sentença italiana que condenou Robinho pelo crime de estupro

Ex-jogador Robinho. Foto: Olivier Morin/AFP
Apoie Siga-nos no

A defesa do ex-jogador de futebol Robinho, preso nesta quinta-feira 21 em Santos (SP) por ter sido condenado pelo crime de estupro na Itália, apresentou um novo recurso ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta sexta 22, contra a prisão do jogador.

A defesa pede que a Suprema Corte reconheça a incompetência do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que, nesta semana, homologou a condenação da Justiça italiana e possibilitou a prisão de Robinho. Os advogados pedem que ele seja solto imediatamente. 

Ainda segundo a defesa, ao STJ compete apenas processar e julgar a homologação de sentenças do exterior, mas não autorizar prisões. Para os advogados, só quem pode cumprir a sentença condenatória de Robinho é a Justiça Federal em Santos.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Assine a edição semanal da revista ou contribua com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo