Após acordo com a Havan, vice-presidente do Flamengo diz que o clube é ‘apolítico’

Patrocínio da rede que pertence ao bolsonarista Luciano Hang gerou reação de rubro-negros nas redes sociais

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Esporte,Política

O anúncio de que o Flamengo fechou um acordo de patrocínio com a rede de lojas Havan, do empresário bolsonarista Luciano Hang, provocou forte reação de torcedores rubro-negros nas redes sociais.

Para estampar a marca na camisa do clube de maior torcida do Brasil até o fim deste ano, a Havan desembolsará 6,5 milhões de reais. Parte dos fãs flamenguistas criticou o fato de a instituição se ligar diretamente a um militante bolsonarista.

 

 

Um dos movimentos a divulgar nota de repúdio ao patrocínio é o ‘Flamengo da Gente’, que disse lamentar “a decisão da diretoria de associar a imagem do clube à empresa de um dos maiores fiadores e incentivadores de um governo responsável pela morte de centenas de milhares de brasileiros”.

Nesta terça-feira 11, o vice-presidente geral e do departamento jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee de Abranches, saiu em defesa do acordo com a Havan e afirmou que o clube é “apolítico”.

“O Flamengo não se envolve em política. Alguns poucos é que metem o Flamengo nisso, para extravasar suas predileções políticas. Para o Clube o que importa é pagar as contas e salários em dia e, claro, conquistar muitos títulos. FLA seguirá apolítico e querendo vencer mais e mais”, escreveu Abranches nas redes sociais.

Para que seja oficializada, a parceria entre Flamengo e Havan tem de ser chancelada pelo Conselho Deliberativo do clube. “A Havan, por sua rede de quase 160 lojas em todo o Brasil e sua grande competência comercial, será mais uma importante parceira. Estamos muito felizes em termos fechado este acordo. É mais uma empresa de sucesso que se une ao Flamengo. Agora vamos aguardar a aprovação do contrato pelos conselheiros do clube para podermos dar início aos trabalhos”, afirmou Gustavo Oliveira, vice-presidente de Comunicação e Marketing do Flamengo.

Nas redes sociais, uma das hashtags impulsionadas por flamenguistas após o anúncio do contrato é a #ForaHavan.

Entre os clubes que já contaram com patrocínio da Havan estão o Vasco, rival do Flamengo, o Brusque, de Santa Catarina, e o Athlético Paranaense.

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem