Educação

São Paulo libera retomada de ensino superior em cidades da faixa amarela

O secretário de educação, Rossieli Soares, afirmou que fica permitida a retomada de aulas práticas, com prioridade aos cursos de Saúde

Créditos: EBC
Apoie Siga-nos no

O governo do Estado de São Paulo anunciou nesta segunda-feira 13 que universidades e escolas técnicas estaduais de cidades que se mantiverem por 14 dias consecutivos na fase amarela do Plano São Paulo poderão retomar suas aulas práticas no modelo presencial. As aulas teóricas ainda devem se manter remotas. Seriam priorizadas as aulas práticas relacionadas aos cursos de Saúde.

Hoje, o estado possui sete regiões na faixa amarela, todas na Região Metropolitana e no litoral. A lista inclui: São Paulo, Microrregião Leste da Região Metropolitana de São Paulo, Microrregião Oeste da Região Metropolitana de São Paulo, Microrregião Sudeste da Região Metropolitana de São Paulo, Microrregião Sudoeste da Região Metropolitana de São Paulo, Baixada Santista e Registro.

A Baixada Santista entrou na faixa amarela nesta segunda, ou seja, tem que permanecer duas semanas nesta condição para o ensino superior e escolas técnicas poderem retomar as aulas práticas.

“A cidade de São Paulo já está há 14 dias no amarelo. Portanto, a universidade, se desejar, poderá voltar com as aulas na área da saúde”, afirmou o secretário de Educação, Rossieli Soares, durante entrevista coletiva concedida no Palácio dos Bandeirantes.

Ainda de acordo com o secretário, a prioridade será dos estudantes que estão mais próximos de completar os seus cursos e que isso ocorre para impedir que os alunos cheguem ao mercado de trabalho com algum hiato em suas formações. Rossieli exemplificou com a importância de um estágio supervisionado na formação de um médico, por exemplo.

O retorno deve acontecer com as instituições respeitando protocolos sanitários e com, no máximo, 35% dos alunos matriculados em cada curso.

Ainda de acordo com o governo, cursos complementares como idiomas, informática e artes, poderão ser retomados desde que as cidades estejam na fase amarela, uma vez que eles foram considerados na categoria de serviços.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.