Educação

Para sempre Unesp

A Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) lança portal para ex-alunos da instituição

|Página do portal Sempre Unesp|Fachada da Unesp
|Objetivo é reunir 10 mil ex-alunos e avaliar o que aconteceu após a saída da universidade| |Sempre Unesp
Apoie Siga-nos no

A Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) criou um portal para os alunos egressos. A meta é atingir 10 mil ex-alunos e avaliar como eles se desenvolveram profissionalmente após a formação universitária.

No site, batizado de Sempre Unesp, é possível ler o depoimento de ex-alunos e também de fazer seu próprio registro sobre a formação na universidade.

Página do portal Sempre Unesp Objetivo é reunir 10 mil ex-alunos e avaliar o que aconteceu após a saída da universidade

A Unesp é uma das três universidades públicas do estado de São Paulo, ao lado da USP (Universidade de São Paulo) e da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

Criada em 1976, reúne hoje 34 unidades em 24 cidades, sendo 22 no Interior; uma na capital e outra no Litoral Paulista, em São Vicente.

“O objetivo deste projeto é estabelecer um relacionamento contínuo e permanente de troca de cada estudante com a instituição formadora, visando benefícios mútuos”, diz o texto de apresentação do portal. O cadastrado no Sempre Unesp, por exemplo, receberá benefícios como descontos de até 30% nos livros da Editora Unesp.

Segundo o texto, a universidade se beneficiaria por meio da avaliação direta dos ex-alunos, parcerias em projetos de pesquisa com empresas públicas ou privadas e até mesmo com possíveis doações para a melhoria do ensino na instituição de Ensino Superior.

Saiba mais | Sempre Unesp

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo