Educação

MEC suspende autorização para novos cursos EAD em 17 áreas; confira a lista

A medida busca regulamentar a oferta na graduação e não afeta os cursos em andamento

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Apoie Siga-nos no

O Ministério da Educação publicou nesta quinta-feira 30 uma portaria para suspender a autorização de abertura de novos cursos a distância em 17 áreas, como direito, medicina e todas as licenciaturas.

Além disso, as instituições de ensino com nota (Conceito Institucional) inferior a 4 não poderão seguir com seus pedidos de abertura de cursos de qualquer área.

Segundo o MEC, haverá um prazo de 90 dias para “fins de conclusão da elaboração de proposta de regulamentação de oferta de cursos de graduação na modalidade de Educação a Distância (EaD)”. 

A suspensão de processos de autorização vale para cursos de:

  • biomedicina;
  • ciências da religião; 
  • direito;
  • educação física; 
  • enfermagem;
  • farmácia; 
  • fisioterapia; 
  • fonoaudiologia;
  • geologia/engenharia geológica; 
  • medicina;
  • nutrição;
  • oceanografia; 
  • odontologia;
  • psicologia;
  • saúde coletiva; 
  • terapia ocupacional e;
  • licenciaturas em qualquer área.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.