Educação

Mapa monitora cumprimento de metas do PNE

Ferramenta permite o acompanhamento da implementação das metas 1 e 3 do documento em cada estado

Apoie Siga-nos no

Universalizar, até 2016, a Educação Infantil na pré-escola para as crianças de 4 a 5 anos e o atendimento escolar para toda a população de 15 a 17 anos. Essas são, respectivamente, partes das metas 1 e 3 do Plano Nacional de Educação (PNE), sancionado em junho de 2014.

Com o prazo perto do fim, 26 estados brasileiros e o Distrito Federal ainda enfrentam dificuldades para cumpri-las, segundo mostra um levantamento elaborado pela Associação dos Tribunais de Contas (Atricon) e pelo Instituto Rui Barbosa (IRB).

Os resultados foram organizados em uma mapa que permite aos internautas monitorar a situação em cada região do País.

Os marcadores em vermelho sinalizam os estados mais distantes do cumprimento das metas, isto é, com a maior proporção de crianças e jovens fora da escola. Os verdes, por sua vez, os mais próximos.

A proposta da ferramenta é analisar e evidenciar o que os municípios e os estados brasileiros vêm fazendo para melhorar seus índices, além de oferecer subsídios para que a gestão da educação possa ser otimizada.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.