Editorial

assine e leia

“Bando de corja”

A definição de um baiano velho e sábio contempla Bolsonaro e sua polícia e os ladrões que infestam o Brasil, sem esquecer muitos políticos. E a minoria rica

Estas imagens... - Imagem: Mauro Pimentel/AFP
Estas imagens... - Imagem: Mauro Pimentel/AFP
Apoie Siga-nos no

Dó é personagem deste enredo. Nascido na região de Vitória da Conquista, batizado Políbio, desde a infância todos o conheceram com o nome da primeira e última nota da escala musical. O pai foi autor de uma inesquecível definição de quem vale menos que nada. Dizia, para qualificá-lo, que se tratava de um “bando de corja”, vasto epíteto para adjetivar um ou mais indivíduos, conforme as circunstâncias. Dó eu conheço faz mais de meio século, que ele, bom no volante, levou a mim, jejuno em matéria, para sempre proibido pela consciência a dirigir veículos automotores.

Dó me conduziu ao longo de mil rotas. Na noite de domingo 31 de julho ligou-me para avisar da irrupção no meu prédio por um grupo de assaltantes dispostos a invadir três apartamentos. Um bando de corja. Tratava-se de um modo inédito até então para ele e para mim: ladrões bem trajados e de pele branca haviam alugado um apartamento há muitos dias e, de repente, ligaram pelo interfone para o porteiro naquele momento. Avisavam da chegada de amigos. Entraram, e aí compareceu a desgraça.

Mino Carta

Mino Carta
Diretor de Redação de CartaCapital

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.