Economia

Governo Bolsonaro troca mais uma vez o presidente da Petrobras

A gestão federal indicou para o lugar de José Mauro Ferreira Coelho um auxiliar de Paulo Guedes no Ministério da Economia

Rio de Janeiro - Edifício-sede da Petrobras no Centro do Rio.  Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Rio de Janeiro - Edifício-sede da Petrobras no Centro do Rio. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

O Ministério de Minas e Energia anunciou, na noite desta segunda-feira 23, mais uma mudança na presidência da Petrobras. Após 40 dias no cargo, José Mauro Ferreira Coelho foi demitido. Trata-se da terceira substituição no comando da estatal sob o governo de Jair Bolsonaro.

A gestão federal indicou para o lugar de Coelho um auxiliar de Paulo Guedes no Ministério da Economia: Caio Mário Paes de Andrade.

Segundo o MME, Andrade “reúne todos as qualificações para liderar a Companhia a superar os desafios que a presente conjuntura impõe, incrementando o seu capital reputacional, promovendo o continuo aprimoramento administrativo e o crescente desempenho da Empresa, sem descuidar das responsabilidades de governança, ambiental e, especialmente, social da Petrobras”.

No mês passado, Andrade chegou a ser considerado para presidir a estatal após o economista Adriano Pires recusar um convite para ocupar o cargo, mas foi preterido na comparação com Coelho.

A pressão sobre Coelho se intensificou no início de maio, quando a Petrobras anunciou um reajuste de 8,87% no preço do óleo diesel nas refinarias. Foi o terceiro aumento do ano.

Os preços dos combustíveis continuam a castigar o bolso dos brasileiros. Em abril, a gasolina, mais uma vez, representou o maior impacto sobre o IPCA ao disparar 2,48%. Também ficaram mais caros o etanol (8,44%), o óleo diesel (4,74%) e o gás veicular (0,24%).

No acumulado de 12 meses, a gasolina subiu 31,22%, o etanol 42,11% e o diesel 53,58%.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.