Economia

Com coronavírus confirmado no Brasil, dólar chega a R$ 4,50 e bolsa cai 1,9%

O valor para o turismo da moeda americana chegou a R$ 4,67, maior já registrado na história

Apoie Siga-nos no

A confirmação do primeiro caso de coronavírus no Brasil, que aconteceu nesta quarta-feira 26, mexeu com o mercado financeiro. O dólar nesta quinta-feira 27 bateu um recorde histórico (sem contar a inflação) e chegou ao patamar de R$ 4,50. Na máxima, a moeda foi a R$ 4,502. O turismo está a R$ 4,67 na venda.

As Bolsas também sentiram o impacto do novo vírus e voltaram a operar em forte queda nesta quinta. Na Europa, os índices recuam ao redor de 3,5%, enquanto que nos Estados Unidos e no Brasil as perdas giram ao redor de 2%.

Entre as principais perdas estão as ações da Petrobras (-4%), Vale (-2,8%) e os papéis de companhias aéreas. Por todo o globo, o crescente número de casos da doença deixou os mercados nervosos, principalmente com aumento de casos fora da China, onde surgiu o vírus.

O Banco Central atuou no mercado para tentar conter a alta da moeda, mas não foi suficiente para conter o avanço. O BC colocou 20 mil contratos de swap nesta quinta, após ter ofertado a 10 mil na véspera. O leilão ocorreu no começo do pregão.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.