Brasil minimiza devolução de frango com salmonela pelo Reino Unido

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, rejeitou a possibilidade de um impacto na produção do País

Brasil minimiza devolução de frango com salmonela pelo Reino Unido

Economia

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, confirmou nesta quarta-feira 3 que o Reino Unido devolveu cerca de 1.400 toneladas de frango contaminado com salmonela, mas rejeitou a possibilidade de um impacto na produção do País, o maior exportador mundial desta carne.

“O Brasil exporta mensalmente 337.000 toneladas de frango e foram 1.400 toneladas em um ano e meio, esses 17 contêineres que foram devolvidos, então isso é mínimo”, afirmou a ministra em coletiva de imprensa em Brasília.

O carregamento devolvido foi parte das exportações realizadas entre maio de 2017 e dezembro de 2018.

 

A ministra detalhou que 16 contêineres estavam contaminados com salmonela e um teve um problema com o sistema de resfriamento, e por isso a carne de frango não chegou com a temperatura adequada.

“Isso acontece porque o frango brasileiro é fiscalizado contêiner a contêiner (…) Isso acontece com qualquer país do mundo”, acrescentou.

A imprensa brasileira reportou sobre a devolução deste carregamento e sua revenda no mercado interno, citando um artigo publicado no jornal inglês The Guardian.

O artigo indica que parte do frango contaminado foi exportado pela JBS e pela BRF, duas empresas envolvidas em 2017 na Operação Carne Fraca, que revelou o pagamento de propinas a inspetores de frigoríficos para autorizar a venda de produtos estragados ou vencidos.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Compartilhar postagem