Cultura

assine e leia

Uma postagem, uma respiração

O cineasta francês Laurent Cantet constroi uma crônica frenética sobre a vida regida pelas redes sociais

O ator Rabah Nait Oufella no papel do jovem escritor que tem um pseudônimo na internet - Imagem: Vitrine Filmes
O ator Rabah Nait Oufella no papel do jovem escritor que tem um pseudônimo na internet - Imagem: Vitrine Filmes
Apoie Siga-nos no

“Postar é como respirar. Uma postagem, uma respiração. Uma postagem, uma respiração”, diz, tentando a um só tempo explicar e entender os próprios impulsos, Karim D., o protagonista de Arthur Rambo, que estreou no Brasil na semana passada com o subtítulo Ódio nas Redes.

Dirigido por Laurent Cantet, que ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes, em 2008, com Entre os Muros da Escola, o longa-metragem é uma vertiginosa crônica sobre as identidades forjadas entre o real e o virtual.

Ana Paula Sousa

Ana Paula Sousa
Editora de Cultura da edição impressa de CartaCapital. Doutora em Sociologia pela Unicamp.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.