Cultura

Secretária-adjunta de Regina Duarte é exonerada do cargo

Jane Silva foi convidada para ser adjunta na Secretaria Especial de Cultura no dia 23 de janeiro

Regina e Jane posam com o presidente Jair Bolsonaro no dia 29 de janeiro após reunião (Foto: redes sociais)
Regina e Jane posam com o presidente Jair Bolsonaro no dia 29 de janeiro após reunião (Foto: redes sociais)

Dez dias depois de aceitar o convite para ser a nova secretária Especial de Cultura do governo Bolsonaro, a atriz Regina Duarte resolveu exonerar sua adjunta na pasta, a reverenda Jane Silva. A informação é da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Segundo a colunista, o relacionamento entre as duas estava estremecido por uma suposta insubordinação da número 2 da Cultura. Jane teria tentando exonerar funcionários e tomado decisões sem consultar a chefe, causando mal-estar e constrangimentos para a atriz. Jane Silva é pastora evangélica é conhecida nas redes sociais por apoiar o presidente Jair Bolsonaro. Atuava como secretária de Diversidade Cultural desde novembro e foi convidada para ser adjunta na Secretaria Especial de Cultura no dia 23 de janeiro.

 

A exoneração foi confirmada pela assessoria de imprensa da Secretaria de Cultura. Segundo nota, a saída de Jane Silva foi uma decisão do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Ainda não foi definido um substituto para o cargo. Até a publicação desta matéria, Regina Duarte ainda não havia se manifestado em suas redes sociais sobre a exoneração.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!