Cultura

Memória

Pioneiro do rock'n'roll, Chuck Berry morre aos 90 anos

por Deutsche Welle publicado 18/03/2017 21h40
Criador de clássicos como "Roll over Beethoven" e "Johnny B. Goode", foi um dos artistas mais influentes do rock e ajudou a moldar o gênero
Desiree Martin / AFP
Chuck Berry

Berry inspirou alguns dos maiores nomes da história do rock, de Keith Richards a Paul McCartney

O lendário guitarrista Chuck Berry, um dos pioneiros do rock'n'roll, morreu neste sábado 18, aos 90 anos, afirmou a polícia do condado de St. Charles, no Missouri, Estados Unidos. A polícia declarou ter atendido a uma emergência médica numa residência na área, que fica perto de St. Louis. Socorristas encontraram um homem já sem reação e não puderam mais reavivá-lo.

Berry ficou famoso por clássicos como Roll over Beethoven, Rock & roll music, Johnny B. Goode, Sweet little sixteen e Maybellene nos anos 1950 e ajudou a popularizar o rock'n'roll. Também era famoso pelo jeito especial de dançar no palco enquanto tocava sua guitarra, o chamado passo do pato ou dança do pato.

Sua influência sobre outros artistas de rock e pop foi fenomenal. Ele inspirou alguns dos maiores nomes da história do rock, de Keith Richards a Paul McCartney, de John Lennon a Bruce Springsteen. Bob Dylan, Prêmio Nobel de Literatura de 2016, chamou Berry de "o Shakespeare do rock'n'roll". Lennon disse que "se você quiser dar um outro nome ao rock'n'roll, pode chamá-lo de Chuck Berry".

Berry foi um dos primeiro do gênero a compor e também executar sua canções, que misturavam elementos do blues e do swing para criar um novo gênero, o rock'n'roll. As letras quase sempre falavam de juventude, namoros e velocidade. Beatles, Rolling Stones, Beach Boys, Elvis Presley e muitos outros gravaram suas músicas. Berry foi também um dos primeiros negros a alcançar uma ampla audiência branca nos Estados Unidos.

Logo DW

registrado em: , , ,