Olavo de Carvalho critica Regina Duarte e sugere que ela desista de cargo

Posse da nova secretária Especial da Cultura está prevista para esta quarta-feira 4 de março

Regina Duarte e Jair Bolsonaro (Foto: Carolina Antunes / PR)

Regina Duarte e Jair Bolsonaro (Foto: Carolina Antunes / PR)

Cultura

A nova secretária Especial da Cultura do governo federal, Regina Duarte, foi criticada pelo escritor Olavo de Carvalho, mais conhecido guru bolsonarista. Numa rede social, o filósofo sugeriu que a atriz desista de assumir o cargo. “Se a Regina Duarte quer mesmo se livrar de indicados do Olavo de Carvalho, a pessoa principal que ela teria de botar para fora do Ministério seria ela mesma”, escreveu.

A crítica veio após rumores de que a nova equipe chefiada por Regina já estaria formada e sem seguidores de Olavo de Carvalho, conforme publicado pela revista Veja.

“Ao cogitar [do] seu nome para o posto, a primeira opinião que o sr. Presidente da República quis ouvir a respeito foi a minha”, escreveu Olavo na rede social. A posse de Regina Duarte como secretária Especial da Cultura está prevista para esta quarta-feira 4 de março no Palácio do Planalto.

Regina foi convidada pelo presidente Jair Bolsonaro após a demissão do ex-secretário Roberto Alvim, que foi afastado depois ter feito um vídeo com falas nazistas associadas a Joseph Goebbels, ministro de Adolf Hitler.

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem