Cultura

assine e leia

O apocalíptico agora

Na trama de ‘O Mundo Depois de Nós’, Rumaan Alam expõe a dependência tecnológica e a ânsia pelo consumo

Confinados. O elogiado best seller do autor norte-americano foi transformado em um filme que teve, entre seus produtores, Barack e Michelle Obama – Imagem: Netflix
Apoie Siga-nos no

Rumaan Alam nasceu em 1977 e foi criado em ­Washington DC, a capital dos Estados Unidos. Ele se formou em Escrita pelo Oberlin College e é autor de três romances, o último dos quais, O Mundo Depois de Nós, recebeu ótimas críticas quando foi lançado, em 2020, tornou-se best seller na lista do The New York Times e foi finalista do National Book Award e do Orwell Prize.

O Mundo Depois de Nós é o primeiro livro do autor publicado no Brasil. O lançamento, por aqui, pega carona no filme originado do romance, disponibilizado pela Netflix na sexta-feira 8 (leia texto na pág. ao lado)

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo