Cultura

assine e leia

Guimarães Rosa levado à periferia

Guel Arraes e Jorge Furtado transpõem o universo e a oralidade de ‘Grande Sertão’ para a contemporaneidade

O longa-metragem coloca ênfase em um romance vivido em meio ao enfrentamento entre gangues – Imagem: Helena Barreto
Apoie Siga-nos no

Grande Sertão, em cartaz nos cinemas brasileiros desde a quinta-feira 6, une dois desejos do diretor Guel Arraes: tentar adaptar a monumental obra literária de João Guimarães Rosa e tratar dos conflitos entre a polícia e o crime organizado no que ele chama de “guerra urbana brasileira”, tornada um subgênero nos “filmes de favela” do cinema nacional no início dos anos 2000.

Cidade de Deus tem o ponto de vista da comunidade. Tropa de Elite, o da polícia. Queríamos tentar fazer um filme que incluísse todas as perspectivas, incluindo a dos bandidos, e o tratamento épico dado pelo romance a essa figura do cangaceiro atormentado parece um caminho adequado”, afirmou o cineasta, em entrevista sobre o filme, realizada em São Paulo.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Assine a edição semanal da revista ou contribua com o quanto puder.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo