Cultura

assine e leia

A revolução musical vinda do Harlem

‘Summer of Soul’ exibe a ideia de representatividade, hoje Tão temida pelos fracos, na forma de arte e beleza

Anos 1960. O filme condensa um momento de excelência da música afro-americana - Imagem: Searchlight/Onyx Collective
Anos 1960. O filme condensa um momento de excelência da música afro-americana - Imagem: Searchlight/Onyx Collective
Apoie Siga-nos no

Revoluções podem ser violentas, sanguinárias e querer mudar tudo em um só golpe ou acontecer de forma gradual, produzindo efeitos permanentes. Summer of Soul foi, como afirma o subtítulo, uma revolução que a tevê não mostrou. Nem por isso o evento, resgatado no documentário que tem causado comoção por onde passa e é forte candidato ao Oscar, deixou de mudar a história.

O filme, dirigido pelo multiartista Questlove, estreou nos cinemas brasileiros na quinta-feira 27 e também pode ser visto online, no TeleCine.

Cássio Starling Carlos

Cássio Starling Carlos Crítico de cinema, pesquisador de história do audiovisual e curador. Escreve para a edição semanal impressa de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.