CartaExpressa

Veja a carta enviada pela Pfizer a Bolsonaro e apresentada por Wajngarten na CPI

Veja a carta enviada pela Pfizer a Bolsonaro e apresentada por Wajngarten na CPI

Ex-secretário de Comunicação Social do Planalto, Fabio Wajngarten, em depoimento na CPI da Covid. Foto: Reprodução/ Youtube.

Ex-secretário de Comunicação Social do Planalto, Fabio Wajngarten, em depoimento na CPI da Covid. Foto: Reprodução/ Youtube.

O ex-secretário de Comunicação Social do Planalto Fábio Wajngarten entregou à CPI da Covid do Senado Federal a carta enviada no dia 12 de setembro de 2020 pelo CEO mundial da Pfizer, Abert Bourla, ao presidente Jair Bolsonaro e a alguns de seus principais ministros.

Na mensagem, mostra que a farmacêutica insistiu para que o governo fosse célere em fechar negócio com a empresa, tendo em vista a alta demanda mundial.

“A potencial vacina da Pfizer e da BioNTech é uma opção muito promissora para ajudar seu governo a mitigar esta pandemia. Quero fazer todos os esforços possíveis para garantir que doses de nossa futura vacina sejam reservadas para a população brasileira, porém celeridade é crucial devido à alta demanda de outros países e ao número limitado de doses em 2020”, disse a carta.

Carta Capital obteve uma cópia do documento, confira:

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem