CartaExpressa

TV argentina tira Eduardo Bolsonaro do ar e rechaça discurso armamentista: ‘Por sorte, o Brasil tirou o pai dele do poder’

‘Os argentinos são muito generosos para receber esse tipo de gente’, afirmou apresentador da C5N

Foto: Reprodução/C5N
Apoie Siga-nos no

A emissora de TV argentina C5N interrompeu neste domingo 22 uma entrevista ao vivo com o deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP), apoiador do candidato da ultradireita à Presidência, Javier Milei.

O parlamentar de extrema-direita defendia a flexibilização do acesso a armas de fogo na Argentina, como um suposto caminho para “dar condições para que os cidadãos tenham legítima defesa”.

Nesse momento, o apresentador do programa interveio. “Obrigado, Mariano (nome do repórter). A Argentina e os argentinos são muito generosos para receber esse tipo de gente”, afirmou. “Os brasileiros, por sorte, tiraram o pai dele do poder”.

Assista:

ENTENDA MAIS SOBRE: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar