CartaExpressa,Política

TSE investigará quem financiou os atos bolsonaristas de 7 de Setembro

TSE investigará quem financiou os atos bolsonaristas de 7 de Setembro

Corregedor do tribunal também quer saber se houve campanha eleitoral antecipada

O presidente Jair Bolsonaro. Foto: Sergio Lima/AFP

O presidente Jair Bolsonaro. Foto: Sergio Lima/AFP

O corregedor-geral da Justiça Eleitoral, Luís Felipe Salomão, vai investigar quem foram os financiadores dos atos do 7 de Setembro e o motivo do aporte financeiro. A informação é da jornalista Camila Bomfim, da Globonews. 

O objetivo seria apurar se houve pagamento de transporte, diárias, quem participou da organização e se teve conteúdo de campanha eleitoral antecipada. 

A investigação deverá se incluída na investigação sobre o presidente Jair Bolsonaro, em trâmite no Superior Tribunal Eleitoral, e apurará possível abuso de poder econômico e político, uso indevido dos meios de comunicação social, corrupção, fraude, condutas vedadas a agentes públicos e propaganda extemporânea. 

A apuração decorreu de procedimento aberto para apurar fraude no sistema eleitoral brasileiro, defendida por Bolsonaro, que, no entanto, não apresentou nenhum elemento probatório. 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem