CartaExpressa,Justiça,Política

TSE compartilha com Supremo ações contra campanha de Bolsonaro em 2018

TSE compartilha com Supremo ações contra campanha de Bolsonaro em 2018

A suspeita de Moraes é de que o modo de funcionamento dos disparos nas eleições seja semelhante ao usado nos ataques dirigidos ao STF

O presidente Jair Bolsonaro. Foto: Evaristo Sá/AFP

O presidente Jair Bolsonaro. Foto: Evaristo Sá/AFP

O Tribunal Superior Eleitoral compartilho com o Supremo Tribunal Federal, a pedido do ministro Alexandre de Moraes, as ações que investigam os disparos em massa usados pela campanha do presidente Jair Bolsonaro e do vice, Hamilton Mourão, nas eleições de 2018. A informação é do Estadão.

De acordo com o jornal, a suspeita de Moraes é de que o modo de funcionamento dos disparos seja semelhante ao usado nos ataques dirigidos ao STF nas redes sociais, objeto do inquérito das fake news.

“Diversas empresas foram oficiadas nestes autos para prestar informações a respeito de sua atuação no disparo em massa de mensagens pagas apoiadores políticos dos então candidatos à eleição de 2018, não sendo a simples resposta de ofícios suficiente à apuração suficiente da existência ou não de ilegalidade”, escreveu Moraes em despacho na semana passada e tornado público na sexta 30.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem