CartaExpressa

TJ de Pernambuco condena Sari Corte Real pela morte do menino Miguel

A acusada foi condenada a oito anos e seis meses de prisão por abandono de capaz, mas poderá recorrer da sentença em liberdade

(Foto: Reprodução/Instagram)
(Foto: Reprodução/Instagram)
Apoie Siga-nos no

O Tribunal de Justiça de Pernambuco condenou Sari Corte Real a oito anos e seis meses de prisão por abandono de capaz, como consequência da morte de Miguel Otávio de Santana, em junho de 2020. A criança de cinco anos caiu do 9º andar de um prédio de luxo no Recife.

O juiz José Renato Bizerra, titular da 1ª Vara dos Crimes contra a Criança e o Adolescente da Capital, determinou que a acusada inicie o cumprimento da pena em regime fechado. No entanto, com base no Código de Processo Penal, Sari tem o direito de recorrer em liberdade.

“Não há pedido algum a lhe autorizar a prisão preventiva, a sua presunção de inocência segue até trânsito em julgado da decisão sobre o caso nas instâncias superiores em face de recurso, caso ocorra”, escreveu o juiz.

O TJPE informou ainda que, como a pena foi superior a quatro anos de reclusão, não pode ser substituída por período similar em restrição de direitos, como prestação de serviços a comunidades, por exemplo.

Miguel era filho de Mirtes Santana, que, à época, prestava serviços domésticos na casa de Sari Corte Real. A funcionária passeava com a cadela da família, no térreo, quando a criança caiu.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.