CartaExpressa,Política

‘Tese da imunidade de rebanho tem outro nome: assassinato’, diz Simone Tebet

‘Tese da imunidade de rebanho tem outro nome: assassinato’, diz Simone Tebet

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) proferiu um forte discurso nesta quarta-feira 9, durante a sessão da CPI da Covid que colheu o depoimento do ex-secretário executivo do Ministério da Saúde Elcio Franco, número dois da pasta sob a gestão de Eduardo Pazuello.

A emedebista fez duras críticas à postura do governo de Jair Bolsonaro em meio à crise sanitária e afirmou que existiam “dois ministérios da Saúde: o oficial e o paralelo, envolvendo inclusive políticos do Congresso Nacional”.

“Há coerência entre o que se diz e o que se faz e o que se quer alcançar. Entre tantas coisas, há hipótese, sim, de procedência de existência de uma estratégia federal de disseminação da Covid em uma tese de imunidade de rebanho, não por vacina, mas coletiva por contágio ou contaminação em massa”, disse Tebet.

“Isso tem outro nome, a meu ver: isso é assassinato”.

A parlamentar citou um documento de 200 páginas recebido pela CPI na véspera, “com base em uma resposta feita para a USP junto ao Centro de Estudos e Pesquisas de Direito Sanitário da USP”.

 

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem