CartaExpressa

Tendência no Congresso é derrubar o veto de Bolsonaro à nova Lei Aldir Blanc, diz Pacheco

O presidente do Congresso reconheceu ‘a força que esses projetos [o da nova Lei Aldir Blanc e o da Lei Paulo Gustavo] ganharam’

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

O presidente do Congresso Nacional, o senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse nesta quarta-feira 5 que há uma tendência de derrubada do veto do presidente Jair Bolsonaro à nova Lei Aldir Blanc.

A proposta, que criaria uma política nacional de fomento permanente à cultura, com a previsão de repasse anual de 3 bilhões de reais da União a estados e municípios durante cinco anos, foi vetada integralmente pelo ex-capitão, que justificou ser “inconstitucional e contrariar o interesse público”.

No Senado, o texto foi aprovado com placar de 74 votos a favor e uma abstenção – do vice-líder do governo, Carlos Viana.

“Pela força que esses projetos [o da nova Lei Aldir Blanc e o da Lei Paulo Gustavo] ganharam no âmbito do Congresso, a boa aceitação de todos os parlamentares, pode, sim, haver uma tendência pela derrubada do veto, mas é algo também que não é uma decisão da Presidência, mas sim da maioria de senadores e deputados”, declarou Pacheco a jornalistas. “O que posso me comprometer é que todos esses vetos serão democraticamente submetidos em uma sessão do Congresso que será marcada oportunamente.”

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.