CartaExpressa,Política

Tebet: Principal missão da terceira via é tirar Bolsonaro do segundo turno de 2022

Tebet: Principal missão da terceira via é tirar Bolsonaro do segundo turno de 2022

Em entrevista a CartaCapital, senadora falou da importância da participação de partidos como PT e PSOL nas próximas manifestações

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A senadora Simone Tebet (MDB) afirmou na segunda-feira 13 que a missão da terceira nas eleições de 2022 é tirar o presidente Jair Bolsonaro do segundo turno.

Em entrevista ao Direto da Redação, boletim de notícias de CartaCapital no Youtube, a parlamentar disse ainda que não vê o ex-capitão frágil, apesar da queda de popularidade devido à pandemia.

“Eu não vejo tão frágil assim o presidente da República Eu tenho preocupação em um segundo turno de Bolsonaro x Lula. Se eu aceitar a missão [de ser candidata] é única e exclusivamente para ver a terceira via tirando o Bolsonaro do segundo turno. Esse é o meu intento”, declarou.

“Eu não arriscaria um segundo turno com Bolsonaro fazendo parte dele”, acrescentou.

Questionada sobre em quem votaria em um segundo turno entre o atual presidente e Lula, a senadora foi enfática: “Eu deixo aqui a minha história recente. Estou diante de um presidente que virou as costas para o País, é um governo insensível e cruel. Eu não tenho condições de caminhar ao lado de Jair Bolsonaro de forma nenhuma”, pontuou.

Tebet, que participou dos atos convocados pelo MBL contra Bolsonaro, cobrou a participação de partidos como PT e PSOL nas próximas manifestações.

“Temos que ter a capacidade neste momento de levantar a bandeira branca agora que temos essa sombra sobre nossas cabeças”, afirmou.

Na conversa, a senadora ainda comentou os próximos passos da CPI da Covid.

Veja a entrevista completa:

 

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Editor do site de CartaCapital. Twitter: Alisson_Matos

Editor de CartaCapital

Compartilhar postagem