CartaExpressa

Sob Bolsonaro, governo federal tem aumento de denúncias de assédio sexual

No primeiro semestre deste ano o número foi de 214, media de um por dia

O presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães. Foto: Isac Nóbrega/PR
O presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães. Foto: Isac Nóbrega/PR
Apoie Siga-nos no

O governo federal teve, este ano, em média uma denúncia de assédio sexual por dia. Já no ano passado, o aumento dos casos em relação a 2020 foi de 65,1%, um volume recorde de 251 denúncias. Os dados são da Controladoria Geral da União. A informação foi antecipada pelo jornal O Globo.

O salto nos casos acontece desde 2019, ano em que o presidente Jair Bolsonaro (PL) assumiu o governo. Neste ano, só no primeiro semestre, os casos somaram 214.

Ainda de acordo com a CGU, do total de denúncias registradas em ministérios, 31 delas foram feitas por funcionários da pasta da Justiça e Segurança Pública. Em seguida, aparece o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos com 23 denúncias; o ministério da Educação aparece na sequência com 18. Outras quatro foram registradas na ouvidoria da Presidência da República.

Do total de ocorrências encaminhadas entre 2019 e este ano, 12,5% dos casos foram arquivados por falta de elementos mínimos para se abrir uma apuração.

As denúncias são registradas nas ouvidorias federais da administração federal e posteriormente compiladas por auditores da CGU em uma plataforma de acompanhamento. Elas podem referir-se à qualquer estrutura do governo de um ministério a uma universidade federal.

O caso mais recente refere-se ao ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, que é acusado de cometer assédio sexual e moral contra funcionárias. O caso é investigado pelo Ministério Público Federal. Ele deixou o cargo esta semana após as denúncias virem à tona.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.