CartaExpressa,Política

Site do BNDES induz visitante a acessar contratos do PT com Cuba e Venezuela

Site do BNDES induz visitante a acessar contratos do PT com Cuba e Venezuela

Jair Bolsonaro e a ala ideológica de seu governo têm fixação com os governos dos dois países

Foto: Miguel Ângelo/Agência Brasil

Foto: Miguel Ângelo/Agência Brasil

Quem acessa o portal Transparência do BNDES pode até não perceber. Mas quem olhar com atenção a ferramenta de buscas na página que leva a contratos e financiamentos do banco vai notar algo, no mínimo, curioso. O sistema de buscas induz o visitante a pesquisar pelos contratos firmados nos governos do PT. Mais especificamente, com Cuba e Venezuela, além de investimentos no Porto de Mariel.

Funciona assim: na barra de pesquisa fica a seguinte sugestão: “Use um termo relacionado às operações buscadas. Ex: Porto de Mariel”. Ao realizar a pesquisa com o termo sugerido aparecem contratos firmados nas administrações petistas.

Em destaque na home do site, há uma propaganda anunciando a nova ferramenta de busca do banco – que é público.

Jair Bolsonaro e a ala ideológica de seu governo têm fixação com os governos de Cuba e Venezuela. O presidente, seus filhos, deputados aliados e ministros recorrem, quase diariamente, a analogias entre esquerda e os dois governos, fortalecendo, também, a estratégia de produção de fake news.

Em nota, o BNDES declarou que a ferramenta vem passando por melhorias para facilitar a busca não só por CNPJ ou nome da empresa contratada e mencionou outros termos incluídos na ferramenta de busca como JBS e Maracanã. “A indicação dos termos mencionados está em consonância com o princípio da transparência adotado há muito tempo pelo BNDES”.

Veja exemplos:

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter da revista CartaCapital

Compartilhar postagem