CartaExpressa

Silvio Almeida faz pronunciamento pelos Direitos Humanos: ‘Não importa sua posição política’

Neste domingo 10 é comemorado o Dia Internacional dos Direitos Humanos

Créditos: Reprodução
Apoie Siga-nos no

O ministro Silvio Almeida fez um pronunciamento nacional na noite do sábado 9 sobre o Dia Internacional dos Direitos Humanos, que se comemora neste domingo 10.

Em sua declaração, o ministro relembrou que a data dialoga com a Declaração dos Direitos Humanos, adotada pela ONU há 75 anos. “O documento marca o compromisso dos Estados em reconhecer a dignidade de todas as pessoas e assegurar a realização dos direitos humanos”, disse.

Também enfatizou que o cumprimento e reconhecimentos dos direitos humanos independe de posição política.

“Sabe quando a gente olha alguém que está sofrendo, passando por alguma humilhação ou privação, e sente um incômodo, uma angústia? O nome disso é empatia. Eu diria que aí que está a essência dos direitos humanos: a capacidade de se importar e de querer cuidar das pessoas. Se pudéssemos resumir o significado dos direitos humanos em duas palavras estas seriam: respeito e cuidado”, refletiu Silvio Almeida.

O mandatário da pasta de Direitos Humanos considerou ainda que a humanidade enfrenta grandes desafios, como os climáticos, econômicos, políticos e sociais, e que tais crises, combinadas, têm o poder de agravar a condição das pessoas, sobretudo de grupos sociais mais vulneráveis.

“Diante da crise, muitos escolheram excluir, abandonar os mais fracos. E essa escolha não tem futuro, porque o futuro, meu amigo, minha amiga, está em imaginar, fabular, criar um mundo onde caibam todas e todos nós”, avaliou.

“Se você, que me assiste nesse momento, for vítima de ataques aos seus direitos, eu quero dizer com toda a clareza: você é importante para nós. E estamos trabalhando, dia e noite, para que os direitos que você tem sejam respeitados. Se você, neste momento, considera que já tem seus direitos garantidos, mas sente, no fundo do peito, uma angústia diante das injustiças eu digo com toda a clareza: tem um lugar para você ao nosso lado como um defensor, uma defensora, do que há de justo, bom e melhor no mundo”, finalizou.

Assista ao pronunciamento na íntegra:

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.