CartaExpressa,Saúde

Sergipe identifica variante do coronavírus que não apareceu em outros estados

Sergipe identifica variante do coronavírus que não apareceu em outros estados

A linhagem foi registrada em maior circulação nos Estados Unidos, segundo pesquisador

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O estado do Sergipe identificou uma nova variante do coronavírus, segundo o superintendente do Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe, Cliomar Alves. A cepa não foi registrada em nenhum outro lugar do Brasil.

“Existe uma das linhagens que foi identificada pela Fiocruz que é a B.1.1.251, e somente o estado de Sergipe identificou e depositou no GISAID, o Banco Mundial de Sequências Genéticas do Coronavírus. Essa linhagem foi identificada em maior circulação nos Estados Unidos, 70%, e no Reino Unido, em torno de 20%”, afirmou Alves em entrevista à TV Globo. Segundo ele, essa linhagem é predominante nos Estados Unidos.

Não se sabe, até o momento, se o infectado tem histórico recente de viagem ao exterior ou teve contato com alguma pessoa que esteve em outro país. Segundo o UOL, o paciente apresenta um bom quadro clínico.

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Editor do site de CartaCapital. Twitter: leomiazzo

Compartilhar postagem