CartaExpressa,Política

Senadores vão ao STF para obrigar Pacheco a prorrogar a CPI da Covid

Senadores vão ao STF para obrigar Pacheco a prorrogar a CPI da Covid

Bolsonaro, ao centro, com o Arthur Lira e Rodrigo Pacheco. Foto: SERGIO LIMA/AFP

Bolsonaro, ao centro, com o Arthur Lira e Rodrigo Pacheco. Foto: SERGIO LIMA/AFP

Os senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Jorge Kajuru (Cidadania-GO) acionaram nesta segunda-feira 5 o ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Triunal Federal, para obrigar o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a prorrogar a CPI da Covid, mediante a apresentação das assinaturas necessárias.

Na petição, os parlamentares mencionam que Pacheco afirmou, em 29 de junho, que só analiaria o pedido de extensão da CPI após se encerrar o prazo inicial de 90 dias de funcionamento dos trabalhos.

“Na hipótese em análise, diante da apresentação do requerimento de prorrogação da CPI, subscrito por mais de 1/3 (um terço) dos membros desta Câmara Alta, constata-se que não há qualquer justificativa plausível, com as mais respeitosas vênias, para que a prorrogação automática da CPI seja postergada tão somente para o final do prazo primevo de 90 dias da Comissão Parlamentar em tela, ocasião em que o requerimento seria submetido à análise do Sr. presidente daquela Casa Legislativa”, diz o pedido.

A CPI da Covid foi instalada em 27 de abril. Assim, o período de 90 dias se encerra em 7 de agosto, considerando o recesso parlamentar entre 18 a 31 de julho.

 

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem