CartaExpressa

Senadores governistas protestam contra espaço da bancada feminina na CPI

Senadores governistas protestam contra espaço da bancada feminina na CPI

Dos integrantes da CPI da Covid, nenhuma é mulher

Foto: Reprodução/Youtube

Foto: Reprodução/Youtube

Senadores alinhados ao presidente Jair Bolsonaro na CPI da Covid protestaram nesta quarta-feira 5 contra a fala de integrantes da bancada feminina do Senado Federal. Dos parlamentares que fazem parte da comissão, nenhuma é mulher.

 

 

Nesta terça-feira 4, o presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), decidiu conceder espaço a integrantes da bancada após pedido das senadoras. Na ocasião, nenhum parlamentar foi contra.

Na sessão desta quarta, quando a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) foi fazer uso da palavra,  Ciro Nogueira (PP-PI) protestou e alegou que conceder espaço para alguém que não faz parte da comissão não estava no regimento.

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) afirmou que, ao pedirem voz para uma pergunta na CPI, elas queriam ‘dar peia’ no Bolsonaro.

O caso abriu discussão entre os senadores e a sessão que ouve o ex-ministro da Saúde, Nelson Teich, foi pausada por alguns minutos.

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem