CartaExpressa,Política

Senador governista alugou com verba pública carro que pertence a assessores, diz TV

Senador governista alugou com verba pública carro que pertence a assessores, diz TV

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O senador governista Jorginho Mello (PL-SC) alugou durante 85 meses, em seus tempos de deputado federal, o mesmo veículo de uma locadora de carros de Santa Catarina, ao custo mínimo de 290 mil reais. Mello é membro da tropa de defesa do governo de Jair Bolsonaro na CPI da Covid.

Segundo documentos obtidos pela CNN Brasil, o carro pertencia a um assessor do parlamentar e, posteriormente, foi adquirido por outro assessor, no fim de 2020.

A emissora, que analisou notas fiscais apresentadas por Jorginho Mello à Câmara para reembolso, informa que o Ford Fusion pertenceu a Renato Debiasi de Oliveira, que foi secretário parlamentar do então deputado, e hoje é propriedade de Maurício Ronsani dos Santos, auxiliar parlamentar de Jorginho.

À CNN Brasil, Jorginho Mello negou as irregularidades e afirmou que “o veículo foi locado em acordo com os atos normativos que regram a Cota Parlamentar da Câmara dos Deputados e do Senado Federal”.

 

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem