CartaExpressa

Russomano e Crivella não assinam compromisso contra trabalho escravo

Em São Paulo, sete candidatos assinaram

Celso Russomanno e Marcelo Crivella, ambos do Republicanos, não assinaram uma carta-compromisso contra o trabalho escravo – uma tradição desde 2006.

Em São Paulo, sete assinaram: Márcio França (PSB), Bruno Covas (PSDB), Guilherme Boulos (PSOL), Jilmar Tatto (PT), Joice Hasselman (PSL), Marina Helou (Rede) e Vera Lúcia (PSTU). No Rio de Janeiro, seis candidatos se comprometeram: Martha Rocha (PDT), Eduardo Paes (DEM), Benedita da Silva (PT), Renata Souza (PSOL), Luiz Lima (PSL) e Clarissa Garotinho (PROS).

A iniciativa é da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), Comissão Pastoral da Terra, Ministério Público do Trabalho e Organização Internacional do Trabalho (OIT), entre outras entidades.

Veja aqui as cartas assinadas pelos candidatos: www.instagram.com/compromissopelaliberdade

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!