CartaExpressa,Política

Roberto Jefferson rebate filha e diz que pode voltar para a prisão ainda nesta quarta

Roberto Jefferson rebate filha e diz que pode voltar para a prisão ainda nesta quarta

O presidente do PTB se pronunciou em texto encaminhado por seus advogados aos integrantes do partido

 Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente do PTB Roberto Jefferson rebateu nesta quarta-feira 6 as declarações da filha Cristiane Brasil de que ele ‘não estaria bem da cabeça’ após vir à tona a informação de que teria dado aval para a expulsão dela, do blogueiro Oswaldo Eustáquio e do pastor Fadi Faraj para filiar Jair Bolsonaro ao partido.

Em pronunciamento divulgado por seus advogados aos integrantes do PTB, Jefferson disse que provavelmente receberá alta hospitalar ainda nesta quarta-feira 6, quando também deve voltar à prisão.

No texto, o presidente da legenda criticou a filha por nunca ter o visitado e ainda ter ‘denunciado’ uma visita irregular feita por Graciela Nienov, militante conhecida como “leoa conservadora” e vice-presidente do PTB. Graciela teria sido recebida por Jefferson na condição de pastora. Cristiane e a ‘leoa’ são adversárias políticas e disputam o controle do partido.

“Estou hospitalizado há 31 dias e minha filha não me visitou, sendo que poderia fazê-lo como filha e advogada, dupla condição para praticar solidariedade filial, não exercida por ela. Mas ela denunciou, disse que por amor, a visita da filha adotiva [Graciela]”, rebateu.

No pronunciamento, Jefferson não negou a visita irregular, nem que tenha usado o celular no hospital, como também denunciou a filha. O presidente do PTB também não se pronunciou sobre a expulsão da filha e de outros integrantes da legenda para abrigar Bolsonaro.

O texto foi divulgado por Pedro Chaves, integrante da executiva nacional da legenda, que logo em seguida publicou um vídeo sobre o tema. Na publicação, Chaves se diz entusiasmado com a possível filiação de Bolsonaro e de seu grupo político e parabeniza Graciela pela condução do PTB em ‘um momento em que forças do mal querem enfraquecer o grupo.

No vídeo, Chaves não cita Cristiane Brasil, mas faz críticas ao que chama de ‘falsos profetas’ e ‘aproveitadores que tentam criar narrativas mentirosas para se beneficiar de alguma forma atendendo a interesses obscuros’.

Segundo afirmou, o partido, que chama de casa dos conservadores, estaria pronto para receber Jair Bolsonaro ao lado de Graciela Nienov e de Roberto Jefferson.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem