CartaExpressa,Política

Randolfe pede a convocação de Paulo Guedes à CPI da Covid

Randolfe pede a convocação de Paulo Guedes à CPI da Covid

O ministro da Economia Paulo Guedes. Foto: Evaristo Sá/AFP

O ministro da Economia Paulo Guedes. Foto: Evaristo Sá/AFP

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI da Covid, pediu nesta terça-feira 4 a convocação do ministro da Economia, Paulo Guedes, à comissão.

O próprio parlamentar anunciou a decisão, durante depoimento do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, que fez duras críticas ao comandante da Economia.

Segundo Mandetta, Guedes “não ajudou nada”. “Pelo contrário, falava que já tinha mandado o dinheiro e que se virem. Vamos tocar a economia. Talvez tenha sido uma das vozes que tenha influenciado o presidente”, afirmou.

 

 

O ex-ministro da Saúde se referiu a Guedes como “um desonesto intelectualmente, uma coisa pequena, um homem pequeno para estar onde está”. Mandetta citou uma entrevista do ministro da Economia à CNN Brasil em março deste ano. Na ocasião, Guedes declarou: “No primeiro dia, Mandetta saiu com 5 bilhões no bolso. É desde aquela época que deveríamos estar comprando vacina, não é mesmo? O dinheiro estava lá”.

Ao responder nesta terça, Mandetta citou que o “mundo virtual” também é responsável pela repercussão dessas declarações. Ele afirmou que o presidente Jair Bolsonaro é uma das pessoas que se pautam “por likes, enquanto o vírus e a doença estão no mundo real”.

“E esse ministro não soube nem olhar o calendário para falar: ‘Puxa, enquanto ele estava lá, nem vacina sendo comercializada no mundo havia’. Só posso lamentar”, concluiu Mandetta.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem