CartaExpressa,Política

Queiroga tem 48 horas para responder questionamentos da CPI da Covid

Queiroga tem 48 horas para responder questionamentos da CPI da Covid

O requerimento foi uma alternativa após os membros da comissão desistirem de ouvir o ministro presencialmente pela terceira vez

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A CPI da Covid aprovou nesta terça-feira 5 requerimento em que dá ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, 48 horas para responder questões sobre o Plano Nacional de Imunização de 2022 e  a retirada da vacina Corovac das novas fases de vacinação a partir do ano que vem.

O requerimento, apresentado pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), foi uma alternativa após os membros da comissão desistirem de ouvir Queiroga presencialmente pela terceira vez.

No pedido, os parlamentares pedem ao titular da pasta que esclareça ainda os detalhes do programa de acompanhamento epidemiológico, em substituição ao Epicov e aponte os membros da equipe técnica responsável pelo acompanhamento do contexto da pandemia e pela formulação de políticas públicas.

Leia o requerimento na íntegra:

DOC-REQ 15632021 – CPIPANDEMIA-20211005

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem