CartaExpressa,Política

Queiroga diz que é ‘absolutamente plausível’ vacinar todos os brasileiros em 2021

Queiroga diz que é ‘absolutamente plausível’ vacinar todos os brasileiros em 2021

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta segunda-feira 3 que é um “milagre” o fato de o Brasil ter vacinas contra a Covid-19 em “tão pouco tempo”. Ele se referia ao fato de o País ter autorizado em janeiro o uso emergencial do primeiro imunizante.

Queiroga, no entanto, não mencionou a demora do governo de Jair Bolsonaro na aquisição de vacinas, os ataques à Coronavac e a recusa em adquirir, ainda em 2020, 70 milhões de doses do imunizante da Pfizer.

O cardiologista também declarou que prevê vacinar todos os brasileiros até o fim deste ano. “Isso é absolutamente plausível”, afirmou durante audiência na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo.

Ele ainda ressaltou a importância do investimento em tratamento intensivo no Sistema Único de Saúde. “Não podemos aceitar que, de cada dez pacientes que estão intubados, oito morram. É por isso que nós temos tantos óbitos, porque a assistência de saúde não dá a resposta que nós esperamos dela”, acrescentou.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem