CartaExpressa

PT processa RecordTV e pede indenização de R$ 100 mil por calúnia e difamação

Emissora tem divulgado sistematicamente reportagens em que acusam o partido de ter ligações com o narcotráfico

Jornal da Record é um dos programas da emissora que divulgaram as acusações sem provas contra o PT.

Foto: Reprodução
Jornal da Record é um dos programas da emissora que divulgaram as acusações sem provas contra o PT. Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

O Partido dos Trabalhadores (PT) protocolou na Justiça do Distrito Federal uma ação indenizatória contra a RecordTV, do bispo Edir Macedo, e pede 100 mil reais por ser vítima de calúnia e difamação.

A acusação é de que a emissora usou uma entrevista com a blogueira espanhola de extrema-direita Cristina Seguí para acusar, sem provas, envolvimento do PT com o narcotráfico. A blogueira já foi condenada na Espanha por produzir e divulgar fake news.

“A RecordTV vem repetindo sistematicamente acusações sabidamente falsas contra o PT e seus dirigentes, inclusive o ex-presidente Lula e a presidenta Gleisi Hoffmann”, explica o partido em nota divulgada.

Ainda de acordo com a legenda, as acusações da blogueira amplamente divulgadas pela emissora são ‘um enredo fantasioso’ montado por uma ‘fonte parcial e sem credibilidade’.

“Nenhuma prova do que ela diz é apresentada nas matérias da TV. […] A Record está levando a uma rede nacional de TV o método criminoso de fake news empregado nos subterrâneos da internet”, destaca outro trecho do texto.

Além da indenização, o PT quer que as matérias sejam retiradas das redes sociais da RecordTV e pede que a Justiça determine que a emissora cesse as acusações contra o partido.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.